Acesc enfrenta dificuldades para encontrar área para construção de novo Cemitério e intenção do Município parece voltar a estaca zero

A Acesc, autarquia da prefeitura de Cascavel relata dificuldades para encontrar uma área para construção de um novo cemitério e o tão falado crematório. De acordo com o Poder Executivo, já foram inúmeras tentativas de localizar um terreno adequado para sepultamento, sem sucesso. José Roberto Guilherme superintendente do órgão ressalta o porque da demora.

Conforme Guilherme da Acesc, outra “barreira”além desta preocupação com o meio ambiente seria o tamanho do espaço necessário para construção de um novo cemitério em Cascavel que deve abrigar também o primeiro crematório da cidade.

De acordo com o superintendente da Acesc, os cemitérios existentes suportam a demanda, levando em conta as estatísticas, por um bom tempo, no entanto é preciso planejar o futuro.

A Acesc ainda não tem uma estimativa de custos para aquisição do terreno, nem para a construção do novo cemitério no perímetro urbano, nem mesmo para o crematório.

REPÓRTER: MICHEL SOUZA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.