Cascavel registra 85 casos positivos de dengue

A dengue não tem dado trégua em Cascavel. Conforme os dados do Boletim Epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Cascavel contabiliza de julho de 2019 até esta terça-feira (11), 85 casos confirmados de dengue. Somente na última semana, houve o registro de 108 notificações. Além disso, há ainda 264 casos em análise. Esse quadro coloca o Município em alerta máximo, com um alto risco para epidemia, considerando o índice de infestação de 5,2% do LIRAa (Levantamento de índice Rápido Amostral por Aedes aegypt).

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Beatriz Tambosi, o Município teve um salto no número de casos confirmados, visto que semana passada eram 43, e isso se deve à mídia, que tem esclarecido à população os sintomas da dengue e levado muitos cidadãos a procurar o atendimento médico. “Isso fez com que as pessoas ficassem mais alertas aos sinais e sintomas”, acredita.

Segundo ela, a maioria dos exames está sendo feito em laboratórios privados de Cascavel. Apenas, as amostras de casos graves, com sinais de alarme, gestantes e menores de 12 anos são enviadas ao Lacen (Laboratório Central do Estado do Paraná), o que significa cerca de 10% do total de casos.
Além desse trabalho, a equipe da Vigilância Epidemiológica de Cascavel tem atuado na busca ativa de pacientes que são suspeitos de dengue, mas não tiveram amostras coletadas. “Ainda temos bastante casos sem coleta. É importante que esses cidadãos compareçam ao laboratório com o pedido do médico e façam o procedimento”, detalha.

AGENDAMENTO
O combate à dengue tem sido intenso, com ações de sensibilização e mutirão pelos bairros. Porém, um dos grandes empecilhos encontrados pelos agentes de Endemias é a quantidade de casas fechadas. “A população precisa colaborar e atender ao pedido de agendamento.Eles precisam atender o chamado do bilhete”, conta a diretora se referindo ao bilhete deixado aos moradores que entrem em contato para que a vistoria seja realizada na residência. Ela avisa ainda que a visita pode ser inclusive marcada para os fins de semana. O telefone para contato é o (45) 3902-1769.

CUIDADOS
Combater a dengue é uma responsabilidade de todos os cascavelenses. “Tivemos chuva recentemente, então, se nas residências tiver algum objeto que possa acumular água, existe a possibilidade de ter focos, ter larvas.

O Município vem trabalhando exaustivamente no combate ao vetor, mas isso é um papel que precisa ser desempenhado por toda a população. Precisamos incluir na nossa rotina ações de combate ao vetor, de inspeção nos quintais, averiguar ralo, verificar as calhas, entre outros. É importante auxiliar o poder público no combate ao mosquito”, conclui Beatriz Tambosi.