Ministro da Educação pede retorno imediato dos alunos às aulas presenciais

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas. Em cadeia de rádio e TV, Ribeiro afirmou que a medida não pode ser mais adiada.

O ministro citou ainda que estudos de organismos internacionais mostram que o fechamento de escolas provoca consequências devastadoras para os alunos, como perda de aprendizagem, do progresso do conhecimento e o aumento do abandono escolar. Segundo o ministro, a decisão sobre o fechamento e abertura das escolas não é do governo federal e o retorno pode ser feito com restrições sanitárias nas instituições de ensino básico e superior. O ministro disse que a pasta investiu mais de R$ 1,7 bilhão para o enfrentamento da covid-19 nas escolas públicas.

Ribeiro também disse que solicitou ao Ministério da Saúde a priorização de todos os profissionais da educação básica na vacinação contra a covid-19.

No Paraná as aulas presenciais da rede estadual foram retomadas hoje. Há também a opção do ensino híbrido, quando os pais preferem que os filhos permaneçam em casa, acompanhando as aulas on-line.

Nos 18 municípios do Núcleo Regional de Educação de Cascavel, 90 dos 92 estabelecimentos de ensino retomaram o ensino presencial.

No município o retorno acontece a partir de amanhã (22).

Fonte: Assessoria