Vereadores encaminham para o Ministério Público, denúncia referente a cobranças indevidas que poderiam estar sendo realizadas pela Sanepar

A Comissão recebeu diversas reclamações dos cascavelenses que de um mês para o outro, o valor da fatura da conta de água mais do que triplicou . A comissão de direitos do consumidor é formada pelos vereadores Celso Dal Molin, Roberto Parra e Pedro Sampaio.

De acordo com Celso Dal Molin, não é admissível que as pessoas tenham que pagar um valor absurdo que está sendo cobrado. Alguns moradores disseram que teria ocorrido um aumento de 300%. Ainda segundo o parlamentar, a Sanepar precisa dar explicações a comunidade sobre o que tem acontecido nesses últimos dias e o motivo da cobrança tão alta.

A Sanepar emite cerca de 100 mil contas todos os dias durante o mês em Cascavel. Essas contas são divididas em 20 grupos. Alguns grupos não tiveram leitura e foram entregues com valor médio referente aos últimos meses.

Segundo o gerente Geral da Sanepar, Renato Mayer Bueno, alguns moradores não ficaram satisfeitos com os valores e repassaram para os vereadores. Após questionamento pela Comissão de Direitos do consumidor, A Sanepar teria apresentado para os vereadores documentos que comprovavam que os valores estavam corretos, mas os parlamentares não teriam focados satisfeitos e encaminharam uma denúncia para o MP, mas até o momento esse documento oficial ainda não chegou na Sanepar. Ainda de acordo com Renato é importante destacar que foi um período em que a maioria das pessoas ficou em casa e houve também alteração do Valor do metro cúbico.

Cada caso é um caso e por isso a Sanepar reforça o pedido de o consumidor entrar em contato para tirar duvidas através do e-mai [email protected]

Segundo a Sanepar, os atendentes estarão prestando todas informações e dando as orientações dos procedimentos.